Publicidade

Publicidade
CLIQUE NO BANNER E VEJA AS FOTOS

sábado, 6 de maio de 2017

Quadrilha é presa na BR-262 durante tentativa de assalto a caminhão dos Correios em Rio Casca

Imagem meramente ilustrativa
Quatro homens foram presos, um deles pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e outros três pela Polícia Militar de Rio Casca durante uma tentativa de assalto a um caminhão dos Correios por volta da 1h da madrugada desta sexta-feira (5), no km 132 da BR-262, em Rio Casca (MG).

Segundo a PRF um caminhoneiro parou no posto de fiscalização que fica a cerca de 15 quilômetros do local onde o assalto estaria em andamento, no trevo de acesso à cidade de Jurumirim, em uma estrada de terra, e denunciou o caso.

Os federais seguiram para o local onde foram recebidos a tiros pelos criminosos. Os policiais revidaram e solicitaram apoio da Polícia Militar, que chegou rapidamente ao local. Um policial da PRF que estava de folga também foi auxiliar os colegas.

Durante buscas no local um dos assaltantes foi preso pela equipe da PRF. Na estrada de terra foram encontrados abandonados os dois veículos utilizados pela quadrilha, um Fiat/Siena com placa de Belo Horizonte e um Gm/Astra emplacado em Cáceres, no Mato Grosso, ambos de cor preta.

Dentro do Astra, foram encontradas diversas mercadorias que já haviam sido retiradas do caminhão, que estava a poucos metros do veículo.

Dentro do baú do caminhão havia diversas caixas que já tinham sido abertas pelos bandidos à procura de produtos valiosos.

Com o local cercado, os policiais deram ordens para que os marginais saíssem do meio do mato e se entregassem. Neste momento o motorista do caminhão saiu e se identificou como vítima do assalto. Outro homem se apresentou como condutor do veículo Fiat/Siena e disse que havia sido abordado por um homem armado com um revólver calibre 38, no bairro Maria Helena em Belo Horizonte, por volta das 19h dessa quinta-feira (4). Disse ainda que foi obrigado a seguir com o veículo pela BR-381 onde, em determinado ponto da rodovia, se encontrou com os outros homens que estavam no veículo Astra e seguiram até o posto de combustíveis da rede Graal, em João Monlevade, onde permaneceram parados até a passagem do caminhão dos Correios. Ele disse que foi obrigado a ajudar no roubo e ficou retirando as mercadorias do baú e jogando para os criminosos e que um dos autores foi chamado de “Braço” pelos comparsas. Os policiais suspeitaram da versão dele devido a contradições.

Segundo a vítima, ela seguia pela rodovia quando foi fechado pelo Astra e um dos ocupantes apontou uma arma de fogo em sua direção, determinado que parasse o veículo. Dois bandidos armados entraram na boleia do caminhão e ordenaram que seguisse até uma estrada vicinal, localizada às margens da BR-262.

Um dos autores que estava dentro do Astra foi reconhecido através de fotos.

Pouco depois, a PRF recebeu a informação de que um veículo Hyundai/I30, roubado, havia se envolvido em um acidente próximo da Serra do Macuco, e que ele também poderia estar envolvido no assalto. Segundo a PRF nenhuma vítima foi localizada no local do acidente.

Ainda, durante rastreamento, na manhã desta sexta-feira a Polícia Militar de Rio Casca prendeu outros três integrantes da quadrilha. Dois deles estavam às margens da BR-262 e o terceiro dentro de uma residência rural. Segundo a polícia eles planejavam roubar outro veículo para fuga.

Todo material roubado foi devolvido para a vítima.

A perícia Técnica da Polícia Civil de Ponte Nova foi acionada e após os trabalhos, os três veículos foram removidos ao pátio credenciado do Detran na cidade.

Os quatro detidos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Ponte Nova.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário