Anúncio

quarta-feira, 12 de junho de 2019

MAJOR JAIME E O CABO JÚLIO DA PM DE PONTE NOVA SOFREM ACIDENTE NA BR 381- AMBOS ESTÃO BEM

Com informações do jornal De Fato – Itabira, uma viatura da Polícia Militar bateu de frente com uma caminhonete Hilux, no km 340, da BR-381, em Bela Vista de Minas, na manhã desta terça-feira (11). No carro da polícia estava o comandante da PM de Ponte Nova, Major Jayme Alves da Silva, 47 anos, e seu motorista cabo Júlio.

Atual comandante da 21ª Companhia Independente da Polícia Militar, em Ponte Nova, Major Jayme Alves seguia para Ipatinga, na companhia de outro militar, onde iria participar de uma solenidade em comemoração dos 244 anos da PMMG, que aconteceu na sede do 14º batalhão.

segunda-feira, 3 de junho de 2019

PM apreende suspeitos de comercializar ingressos falsificados em Rio Casca

A Polícia Militar apreendeu na noite do ultimo sábado, dia 01, diversos ingressos falsificados do show artístico do cantor Leonardo, o qual se apresentava em evento alusivo as comemorações do aniversário da cidade de Rio Casca, no parque de exposições.

Com os suspeitos a PM apreendeu ainda mais de R$ 3.00,00 (três mil reais) provenientes da venda dos ingressos falsos e 01 (uma) máquina de cartão de crédito. Foram presos em flagrante delito 04 (quatro) autores pelos crimes de falsificação de documento particular e revenda irregular de ingressos, ação típica de cambistas.

O Tenente Oliveira, comandante do pelotão PM de Rio Casca acredita que a prisão dos suspeitos, os quais atuam em todo o estado de Minas Gerais, desarticulou uma organização criminosa especializada em falsificação e revenda de ingressos falsos, geralmente em grandes eventos, o que favorece a obtenção de elevados lucros com as atividades criminosas.

“O êxito da intervenção policial só foi possível graças às denuncias anônimas dos frequentadores do evento, os quais desconfiaram dos valores e das características dos ingressos falsificados. Mais uma vez a parceria entre cidadão e a Polícia Militar foi determinante para a preservação da ordem pública”, destacou o Tenente Oliveira.

Fonte: Unidade Notícias