Publicidade

Publicidade
CLIQUE NO BANNER E VEJA AS FOTOS

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Rio Casca em alerta com Alto Risco de Epidemia de Dengue

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Casca, informou hoje em nota que Rio Casca está com alto risco de uma epidemia de dengue e sugeriu que os moradores conferissem se há algum ponto com água parada em casa.

O alerta deve ser redobrado com a estiagem. Isso porque pode haver acúmulo da água das chuvas em vasos de plantas, pneus e caixas d’água, quando o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, volta a fazer estragos.

Quando se trata de Aedes aegypti o perigo pode estar dentro de casa ou morar ao lado. No combate a este mal, todos precisam estar envolvidos, como alerta a campanha do Ministério da Saúde. Numa quadra residencial, por exemplo, basta uma casa descuidada, com recipientes com água parada servindo de criadouro para reprodução do mosquito, para que todos os moradores corram o risco de serem vítimas de doenças como dengue, Zika e chikungunya.

Confira os sinais de alarme:

sábado, 13 de janeiro de 2018

PM prende bandidos que explodiram caixas em Urucânia e outras cidades

Uma quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos foi desarticulada por uma operação da Polícia Militar que acabou com a prisão de cinco bandidos foragidos da Justiça, além da morte de um criminoso, apreensão de armas, drogas e explosivos. As ações ocorreram na Zona da Mata e em Belo Horizonte. O bando é suspeito de ser responsável pela onda de ataques a bancos em cidades do interior de Minas Gerais.

Segundo a polícia, os cinco integrantes da quadrilha presos e o bandido que acabou sendo morto estão diretamente ligados com as ocorrências de explosões de caixas eletrônicos em Urucânia, na terça-feira, em Dores do Turvo, ocorrida na quarta-feira, em Dom Cavatti, no dia 4 de janeiro, e em Entre Folhas, crime registrado no dia 30 de dezembro de 2017.

Fonte: Unidade Notícias

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Barra Longa tem duas mortes por febre amarela e uma internada

A Prefeitura de Barra Longa, cidade que fica à aproximadamente 86Km de Rio Casca, em comunicado do ser serviço de saúde, emitiu um comunicado, sobre a morte de dois pacientes do município que morreram infectados pela febre Amarela, e uma pessoa está internada em Belo Horizonte.

Leia o Comunicado:

“A Prefeitura Municipal de Barra Longa, através do Departamento Municipal de saúde, vem informar a todos que foram registrados três casos de Febre Amarela, no município, sendo que duas pessoas vieram a óbito e uma encontra-se internada na cidade de Belo Horizonte.

Essas pessoas estavam em visita a Barra Longa e possivelmente foram contaminadas aqui.

O município está, em conjunto com a Regional de Saúde de Ponte Nova e a Secretaria Estadual de Saúde, tomando todas as providências para localizar focos do mosquito nas localidades frequentadas pelas vítimas.

Informamos a todos, que no município de Barra Longa 97% das pessoas estão vacinadas contra a febre amarela. Fazemos um chamado para que os 3% que ainda não foram vacinados procure a unidade de Saúde, para receber a dose da vacina. Os agentes de saúde já estão identificando pessoas que por ventura não tenham sido vacinadas e a equipe de endemias trabalhando no combate aos focos do mosquito.

Diante do exposto informamos que não há risco de epidemia na cidade, visto que quase toda a população está vacinada, mas é importante que todos entrem em combate ao mosquito.

Não deixe água parada.
PREFEITURA DE BARRA LONGA, TRABALHO E TRANSPARÊNCIA.“

Via Unidade Notícias